quarta-feira, 15 de outubro de 2014

'A Oração'

Como Deve ser a Vida e a Morte
de uma Boa Filha de Maria


Traduzido do francês por uma Filha de Maria
Livro de 1929 - 110 págs


Falai, minha Mãe, vossa filha vos escuta!... Que quereis que eu faça?...
Mostrai-me os segredos do amor divino.

- Eu revelo meus segredo ás almas simples e puras, obtendo-lhes as luzes do Céu, a boa vontade para d'elas se aproveitar! Sê fiel custe o que custar.


Minha filha! Tu que tens a felicidade de pertencer à Mãe de Deus, nunca comeces nenhuma oração, seja vocal, seja mental, sem te aproximares interiormente de Maria, imitando as criancinhas que se conservam sempre agarradas as suas mães, que não ousam dar um passo sem lhes segurarem com firmeza nas mãos, que não se apresentam em parte alguma sem serem dirigidas e sustentadas por elas.

Que o S. S. Coração de Maria seja teu oratório; penetra bem interiormente nesse Coração, 
une teus desejos aos seus, tuas aflições as suas, e as de orar, meditar com a mesma fé, com a mesma confiança, com a mesma pureza e o mesmo amor que fazia a Virgem Santíssima.

Oh! como são agradáveis à S. S. Trindade as orações que são feitas nesse santuário de graça e inocência.

Colóquio

Oh! minha terna e querida Mãe, nada posso sem vós, nada quero senão para vós!
Ensinai-me o verdadeiro amor.

Prática

Fazer todos os atos de piedade, unida ao S. S. Coração de Maria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário